page contents

Revista de Gestão e Projetos - GeP

A Revista Gestão e Projetossurge da necessidade de ser um foco de publicação de trabalhos científicos na área de gerenciamento de projetos e áreas correlatas.

Sua gênese é decorrente do esforço da comunidade acadêmica e profissional, em constituir um meio de discutir trabalhos desenvolvidos com rigor dos métodos científicos que até então não se viam presentes em outras publicações de âmbito nacional. Por isso, no Brasil a Revista Gestão e Projetos é única!

A amplitude de entidades representativas do núcleo central da revista é constituída por professores e profissionais ligados às Universidades, bem como centros de pesquisa.

A Revista GeP é dedicada em publicar trabalhos das áreas de gestão de projetos abrangendo os seguintes tópicos:

• Áreas de conhecimento;
• Processos e ciclo de vida em gestão de projetos;
• Gestão de portfólio;
• Gestão de programas;
• Desenvolvimento de novos produtos;
• Gestão de projetos de inovação;
• Gestão da sustentabilidade em projetos;
• Maturidade em projetos;
• Competências;
• Equipes de projetos internacionais;
• Projetos multi-localizados;
• Escritórios de projetos;
• Organizações gerenciadas por projetos;
• Gestão de projetos de eventos;
• Projetos complexos;
• Projetos de tecnologia de informação.

A GeP pretende ser uma referência em publicação de pesquisa e estudos acadêmicos, mas abrindo espaço para publicações científicas de caráter prático / técnico. Neste sentido espera-se acumular também trabalhos de relatos técnicos e casos (reais) de ensino.Os trabalhos serão avaliados pelo sistema Double Blind Review (Avaliação por Pares) por membros do conselho científico.

Como diretriz editorial essencial tem-se que a revista seja uma fonte que represente os avanços teórico/conceituais, sem se fechar numa determinada corrente de pensamento. Essa orientação leva em conta que o desenvolvimento do conhecimento seja dinâmico de tal forma que existam avanços nas contribuições científicas ao longo do tempo. E, que o espaço seja preenchido pelos resultados das pesquisas e fruto das reflexões dos pesquisadores, estes, tido como elementos centrais dos interesses do desenvolvimento científico/tecnológico.