Um Estudo do Processo de Gerenciamento das Demandas de Investimentos em Ativos Imobilizados: O Caso de uma Empresa de Telecomunicações

Graciela Dias Coelho Jones, Roberta Leal Hias Teruel

Resumo


O trabalho tem como objetivo analisar o processo de gerenciamento das demandas de investimentos em ativos imobilizados de uma empresa de telecomunicações localizada no estado de Minas Gerais, que presta serviços de telecomunicações em todo o Brasil. Adicionalmente, apresenta os impactos da implementação de um novo fluxo para as solicitações de investimentos. A metodologia utilizada foi a pesquisa exploratória, por meio de um estudo de caso, com abordagem qualitativa dos dados. Como resultado obteve-se que o processo de solicitação, aprovação e acompanhamento de investimentos em ativo imobilizado da empresa apresentou algumas deficiências, discutidas no decorrer da apresentação do estudo de caso. As adequações realizadas no sistema e a implementação do novo fluxo resultaram em muitos benefícios, entre eles podem ser destacados: maior agilidade nas análises, melhor acompanhamento dos investimentos realizados, redução do custo de salários, dinamismo no fluxo de aprovação de investimentos e melhoria na qualidade dos projetos aprovados.

DOI:10.5585/gep.v2i2.42


Palavras-chave


Projetos de Investimentos; Ativo Imobilizado; Sistema de Informação; CAPEX.

Texto completo:

PDF

Referências


Abeu, I. M.; Jones, G. D. C.; Vilas Boas; A. A.; Ribeiro, K. C. S. (2009). Análise do fluxo de informações entre os sistemas de cadastro e faturamento: um estudo de caso em uma empresa de telecomunicações. Anais do XXIV Encontro Nacional de Engenharia de Produção, Salvador, Bahia, Brasil.

Assaf Neto, A. (2007). Finanças Corporativas e Valor. 3ª Edição. São Paulo: Atlas.

Campbell, B. J. (1997). Understanding information system: foundations of control. Massachusetts: Wintrop Publishes.

Casarotto Filho, N.; Kopitke, B. H. (1998). Análise de investimentos: matemática financeira, engenharia econômica, tomada de decisão e estratégia empresarial. 9ª Edição. São Paulo: Atlas.

Costa, A. F. S.; Zotes, L. P. A. (2005) Tecnologia da Informação à serviço da gestão dos negócios: o caso de uma distribuidora de energia elétrica. Anais do II Simpósio de Excelência em Gestão e Tecnologia. Rio de Janeiro. RJ, Brasil.

Davenport, T. H. (1993). Process Innovation: Reengineering Work through Information Technology, Harvard Business School Press, Boston.

Enoki, C.; Muscat, A. R. N. (2005). Proposta de modelo para avaliar soluções de BPM. Anais do XII Simpósio de Engenharia de Produção, Bauru, SP, Brasil.

Ernst & Young; Fipecafi. (2010). Manual de Normas Internacionais de Contabilidade: IFRS versus Normas Brasileiras. 2ª Edição. São Paulo: Atlas.

Galbraith, J. R. (1995). Designing organizations: an executive briefing on strategy, structure, and process. San Francisco: Jossey-Bass.

Galesne, A.; Fenstersfeifer, J.E.; Lamb, R. (1999). Decisões de investimentos da empresa. São Paulo: Atlas.

Gitman, L. J. (2004). Princípios de Administração Financeira. 10ª Edição. São Paulo: Person Addison Wesley.

Gonçalves, J. E. L. (2000). Processos, que processos? Revista de Administração de Empresas, v. 40, n.4, p.8-19. São Paulo: out.-dez.

Harrington, J. (1993). Aperfeiçoando processos empresariais: estratégia revolucionária para o aperfeiçoamento da qualidade, da produtividade e da competitividade. São Paulo: Makron Books.

Holanda, N. (1975). Planejamento e projetos. Rio de Janeiro: APEC/MEC.

Iudícibus, S.; Martins, E.; Gelbcke, E. R. (2009). Manual de Contabilidade das Sociedades por Ações: aplicável às demais sociedades. (Suplemento). 2ª Edição. São Paulo: Atlas.

Kassai, J. R. (2000). Retorno de Investimento: abordagem matemática e contábil do lucro empresarial. 2ª Edição. São Paulo: Atlas.

Lapponi, J. C. (2000). Projetos de Investimento: Construção e Avaliação do Fluxo de Caixa. São Paulo: Lapponi.

Laudon K. C.; Laudon J. P. (2004). Sistemas de Informação Gerenciais: Administrando a empresa digital. São Paulo: Prentice Hall.

Lopes, A. B. (2002). A informação contábil e o mercado de capitais. São Paulo: Pioneira Thomson Learning.

Lakatos, E. M.; Marconi, M. A. (1990). Fundamentos da metodologia científica. 2ª Edição. São Paulo: Atlas.

Mota, R. R.; Calôba, G. M. (2002). Análise de investimentos – Tomada de decisão em projetos industriais. 1ª Edição. São Paulo: Atlas.

O’brien, J. A. (2002). Sistemas de Informação e as decisões gerenciais na era da internet. 9ª Edição. São Paulo: Saraiva.

Oliveira, D. P. R. (2007). Sistema de informações gerenciais: estratégicas, táticas, operacionais. 11ª Edição. São Paulo: Atlas.

Oliveira. M. C.; Segre. L. M.; Castro Júnior. J. L. P. (2007). A importância da gestão do conhecimento, da cultura e aprendizagem organizacionais para o desenvolvimento e a manutenção de sistemas de informação: o caso Intelig Telecom. Anais IV Simpósio de Excelência em Gestão e Tecnologia. Resende, RJ, Brasil.

Platts, K.; Mills, J.; Neely, A.; GRregory, M.; Richards, H. (1996). Evaluating manufacturing strategy formulation processes. International Journal of Production Economics, v. 46-47, p. 233-240.

Porter, M. E. (1986). Estratégia Competitiva: Técnicas para Análise de Indústrias e da Concorrência, Rio de Janeiro: Campus.

ROoss, S. A; Westerfield, R. W.; Jaffe, J. F. (2002). Administração Financeira – Corporate Finance. São Paulo: Atlas.

Santos, A. R. (2002). Metodologia científica: a construção do conhecimento. 5ª Edição. Rio de Janeiro: DP&A.

Smith, H.; Fingar, P. (2003). Business Process Management: Third Wave, Meghan Kiffer.

Souza, A. B. (2003). Projetos de Investimento de Capital: elaboração, análise tomada de decisão. 1ª Edição. São Paulo: Atlas.

Stair, R. M. (1998). Princípios de Sistemas de Informação – uma abordagem gerencial. 2ª Edição. Rio de Janeiro: LTC.

Vasconcelos, Y. L. (2002). EBITDA como instrumento de avaliação de empresas. Revista Brasileira de Contabilidade, Brasília, ano 31, n. 136, p.38-47, jul.-ago.

Woiler, S.; Mathias, W. F. (1996). Projetos: planejamento, elaboração, análise. São Paulo: Atlas.

Yin, R. K. (2001). Estudo de Caso: Planejamento e Métodos. 2ª Edição. Porto Alegre: Bookman.

Zwass, V. (1992). Management Information Systems. EUA: WCB.




DOI: http://dx.doi.org/10.5585/10.5585

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Revista de Gestão e Projetos e-ISSN: 2236-0972
Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional