Práticas e Ferramentas de Gestão do Conhecimento no Âmbito da Administração Tributária de Minas Gerais: Oportunidade para uma Política Institucional

Simone Ferreira Rocha Gonçalves, Maria Celeste Reis Lobo Vasconcelos, Rodrigo Baroni Carvalho, Jorge Tadeu Ramos Neves

Resumo


O objetivo principal deste artigo é apresentar os resultados de uma pesquisa realizada na Administração Tributária de Minas Gerais (ATMG) para identificar as práticas e as ferramentas de gestão do conhecimento utilizadas no âmbito da instituição, na percepção dos auditores fiscais. A pesquisa teve caráter descritivo adotando abordagem quantitativa e qualitativa e tomou por base teórica principalmente o modelo de Probst, Raub e Romhardt. A amostra analisada foi de 296 (duzentos e noventa e seis) auditores lotados nas superintendências regionais da Secretaria da Fazenda - SEF/MG que deram retorno integral à consulta realizada. Os resultados obtidos apontam no sentido de que as práticas e ferramentas encontradas na instituição têm origem em ações gerenciais não focadas na gestão do conhecimento. Ressaltam-se dentre as práticas identificadas a educação corporativa, o mapeamento de competências, a comunicação institucional e as ferramentas de colaboração (portais). O trabalho pretendeu ser o ponto de partida para a implementação da gestão do conhecimento como política institucional.

DOI:10.5585/gep.v3i2.96


Palavras-chave


Gestão do Conhecimento; Administração Pública; Política Institucional.

Referências


Angeloni, Maria Terezinha (coordenadora). Organizações do conhecimento: Infra-estrutura, Pessoas e Tecnologias. São Paulo: Saraiva, 2002.

Batista, F., Rosenberg, G., Ohayon, P. Gestão do conhecimento em organizações públicas de saúde no Brasil: diagnóstico de práticas. Brasília. RSP, 2002.

Batista, F., Quandt, C. O., Pacheco, F. F., Terra, J. C. C. Gestão do Conhecimento na Administração Pública. Texto para discussão n. 1095. Brasília: IPEA, 2005.

Brasil. Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão. Secretaria de Gestão – SEGES. Gestão Pública para um Brasil de todos. Brasília: 2003b.

Coelho, Espartaco Madureira. Gestão do conhecimento como sistema de gestão para o setor público - Revista do Serviço Público/Fundação Escola Nacional de Administração Pública – Ano 55, números 1 e 2, Jan-Jun/2004. Brasília: ENAP, 2004.

Collis, Jill, Hussey, Roger. Pesquisa em Administração. 2 ed. Porto Alegre: Bookman, 2005.

Davenport, Thomas H., Prusak, Laurence. Conhecimento Empresarial: como as organizações gerenciam o seu capital intelectual. Rio de Janeiro: Elsevier, 2003, 13º edição.

Fleury, Afonso, Fleury, Maria T. Leme. Estratégias empresariais e formação de competências: um quebra-cabeça caleidoscópio da indústria brasileira. 2º edição. São Paulo: Atlas, 2001.

Nonaka, I., Takeuchi, H. Criação de conhecimento na empresa. Rio de Janeiro: Elsevier, 1997, 13 edição.

Oliveira, Silvio e O. Tratado de Metodologia Cientifica – Projetos de Pesquisa, TGI, TCC, Monografias, Dissertações e Teses. São Paulo: Pioneira Thomson Learning, 2002.

Probst, Gilbert, Raub, Steffen, Romhardt, Kai. Gestão do conhecimento: os elementos construtivos do sucesso. Porto Alegre: Bookman, 2002.

Santos, Silvio Aparecido dos (organizador). Gestão do Conhecimento: Institucionalização e práticas nas empresas e instituições. Maringá: Unicorpore, 2007.

Terra, José Cláudio. Gestão do Conhecimento: Aspectos Conceituais e Estudo Exploratório sobre as Práticas de Empresas Brasileiras. Tese de Doutorado, POLI/USP, 1999.

Terra, José Cláudio. Gestão do conhecimento, o grande desafio empresarial: uma abordagem baseada no aprendizado e na criatividade. São Paulo. Negócio Editora, 2000. 283p.

Vasconcelos, M.C.R.L. Capital social e gestão do conhecimento. In: Convivencialidade – a expressão da vida nas organizações. São Paulo: Atlas, 2002.

Vasconcelos, M.C.R.L. Cooperação Universidade Empresa na Pós Graduação: Contribuição para a Aprendizagem, a Gestão do Conhecimento e a Inovação na Indústria Mineira. Belo Horizonte: Escola de Ciência da Informação da UFMG, 2000, 257p. (Tese, Doutorado em Ciência da Informação).

Yin, Robert K. Estudo de Caso: Planejamento e Métodos. 2 ed. Porto Alegre: Bookman, 2001.


Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .

Revista de Gestão e Projetos e-ISSN: 2236-0972

LOGOTIPOS (Indexadores e Diretórios):


Logotipo da Capes Logotipo do Sumários Logotipo do Cite by-Linking Logotipo DOAJ Logotipo do Latindex Logotipo Sumários Logotipo do IBICT Logotipo do World Cat Logotipo do Ulrich Logotipo do PKP Logotipo do NewJour Logotipo Gale Cengage Learning EBSCO HOST Logotipo do Electronic Journals Library Logotipo Open Science Directory JOURNALS VAGGI LIVRE VUBIS SMART

DIADORIM Spell Logotipo Proquest Logotipo journal Seek